Collaborative for Leadership in Ayres Sensory Integration (CLASI)  Liderança Colaborativa em Integração Sensorial de Ayres

Certificate in Ayres Sensory Integration (CASI)

 

 

CERTIFICAÇÃO EM INTEGRAÇÃO SENSORIAL DE AYRES®

Tradução parcial e adaptada do documento publicado em outubro de 2018 pela CLASI

 

Programa de Certificação

Zoe Mailloux OTD, OTR/L, FAOTA

Susanne Smith Roley OTD, OTR/L, FAOTA

 

Em colaboração com

Gina Coleman MA, OTR

Suzanne Greenwood MA, OTR/L

Shay McAtee MA, OTR/L, FAOTA

Annie Balthazar-Mori OTD, OTR

Aja Roley MA, OTR/L

Sue Trautman MA, OTR/L

DESCRIÇÃO APROFUNDADA DA CERTIFICAÇÃO CLASI

 

1. MISSÃO DA LIDERANÇA COLABORATIVA EM INTEGRAÇÃO SENSORIAL DE AYRES (CLASI)

A CLASI é um membro do International Council for Education in Ayres Sensory Integration (ICEASI) que oferece padrões globais para educação em ASI (Ayres Sensory Integration).

ASI é uma área bem estruturada e em crescimento na prática terapêutica com aplicação em diversos contextos incluindo domicílio, escola e comunidade. Originalmente apresentada para ser eficaz com crianças com dificuldade de aprendizado e comportamento, essa intervenção tem recentemente emergido como uma prática baseada em evidências para uso com crianças autistas.

Tem sido largamente utilizada em indivíduos com uma variedade de deficiências e grupos de idade. Embora sejam necessárias mais pesquisas em todas as áreas, tanto os achados de estudos quanto relatórios clínicos mostram que essa abordagem é efetiva e significativa para muitos indivíduos e suas famílias.

Originada em 2016, a CLASI CASI foi desenvolvida para dar continuidade ao legado de excelência em educação, pesquisa e prática na área de conhecimento criada pela Dra. A. Jean Ayres e mantida por pesquisadores, clínicos e educadores. Esse programa de educação é produzido de acordo com as diretrizes do International Council for Education in Ayres Sensory Integration (ICEASI) e alinhado com o Ayres 2020 Vision, promovendo excelência em conhecimento, avaliação e educação em ASI.

2. ASI INFORMAÇÕES PRELIMINARES

A teoria da Integração Sensorial fornece evidências a partir da ciência básica e aplicada sobre a habilidade de receber, classificar, processar e fazer uso das informações originadas pelo corpo e pelo meio ambiente, as quais são percebidas pelos sentidos (toque, gravidade, posição e movimento do corpo, visão, olfato, temperatura e paladar). Essa informação sensorial é enviada ao cérebro, onde é organizada, interpretada e como resultado, formamos um plano de ação que nos permite ter uma resposta adaptativa apropriada e correta para as demandas do ambiente. Uma avaliação minuciosa guia a preparação dos objetivos, endereçando os referidos interesses e recomendações para intervenção. A intervenção da Integração Sensorial de Ayres é proporcionada dentro do contexto da prática profissional. A ASI é designada a melhorar habilidades sensoriais perceptivas, auto regulação, habilidades motoras e praxis. Fazendo isso, a ASI auxilia a habilidade do cliente em demonstrar melhora no comportamento, aprendizado e interação social. A intervenção clássica é individualmente elaborada baseada em uma ampla avaliação e aplicada em um ambiente terapêutico especializado, estruturado em sala com equipamentos sensoriais que promovam oportunidades táteis, visuais, proprioceptivas e vestibulares de maneira estruturada e em colaboração com os cuidadores primários.

Dificuldades na integração sensorial são encontradas em indivíduos sem diagnóstico, assim como em bebês, crianças e adultos com diagnóstico identificado. Foi constatado que essa terapia é efetiva com problemas como dificuldade de aprendizado, hiperatividade e déficit de atenção, dispraxia e autismo. No curso da terapia, os indivíduos aprendem habilidades ou comportamentos específicos, mas esse não é o principal objetivo, ao invés disso, a intenção é que as atividades físicas produzam sensações que conduzam a uma resposta adaptativa e consequentemente para respostas ainda mais complexas. No caso de crianças, a intervenção é focada no brincar, permitindo a construção de experiencias sensoriais e do planejamento de ações em relação a desafios guiados e crescentes.

2.1. REQUISITOS DO CERTIFICADO ASI

A Certificação em Integração Sensorial de Ayres® (CASI) é oferecida pela CLASI, um Provedor Aprovado de unidades de educação continuada (CEU) pela Associação Americana de Terapia Ocupacional (AOTA). A CASI da CLASI assegura que seus alunos tenham completado um número mínimo de módulos (unidades de educação continuada) e participado em atividades designadas que objetivam a aquisição de conhecimentos e habilidades em integração sensorial de acordo com padrões internacionais, como se segue:

  • As fundações teóricas da integração sensorial baseadas no trabalho original da Dr. A. Jean Ayres;

  • Ciência básica e aplicada atualizadas, relacionadas a teoria da integração sensorial;

  • As contribuições da integração sensorial para o desenvolvimento típico;

  • Administração de avaliações relevantes das principais funções sensório integrativas: (ex.: a Avaliação de Integração Sensorial de Ayres (EASI), o Teste de Integração Sensorial e Práxis (SIPT), a Medida de Processamento Sensorial Medida de Processamento Sensorial (SPM), observações clínicas de Ayres, etc.);

  • Raciocínio clínico guiando o uso da integração sensorial na prática clínica;

  • Interpretação dos resultados dos dados colhidos em avaliação, baseados na pesquisa de padrões de função e disfunção de integração sensorial;

  • Determinação de metas e planejamento de intervenção;

  • Implementação de intervenção terapêutica profissional, com foco no uso de estratégias de integração sensorial em diferentes contextos;

  • Liderança e orientação da teoria, prática e pesquisa em ASI;

  • Revisões de pesquisas existentes e maneiras de planejar e implementar pesquisas relacionadas a ASI;

  • Caminhos para a defesa na promoção da prática baseada em evidências em ASI para clientes.

2.2. OBJETIVOS

Após a conclusão do programa, os alunos irão criticar, analisar e usar ferramentas teórico-práticas avançadas para a avaliação e intervenção para a melhor prática usando a teoria e prática em ASI.

Os objetivos específicos são:

  • Fornecer aos alunos oportunidades de adquirir conhecimento teórico e prático na integração sensorial;

  • Promover a aquisição de conhecimento sobre a avaliação e várias intervenções técnicas na teoria sensorial;

  • Desenvolver a habilidade necessária para defesa e pesquisa na área da integração sensorial2.3. METAS PARA COMPETÊNCIAS

Pretende-se que ao final do programa o aluno adquira conhecimento na área da ASI possibilitando a melhora na participação do cliente, contribuindo para a qualidade de vida dos indivíduos e de seus cuidadores.

Ao final da certificação CASI da CLASI, os alunos estarão preparados para:

  • Demonstrar conhecimento e pensamento crítico em relação a aplicação dos princípios da integração sensorial in diferentes populações.

  • Demonstrar a habilidade de conceituar, planejar, organizar e implementar um plano de intervenção baseada em evidências da integração sensorial, que seja adequado para as necessidades individuais de cada cliente, levando em consideração a avaliação inicial e os objetivos definidos para cada indivíduo;

  • Engajar-se em uma atividade relevante para a defesa ou pesquisa em ASI.

 

3. INSTRUÇÃO

 

3.1. COMITE DE CONTEÚDO

A certificação CASI da CLASI foi criada pelas cofundadoras Susanne Smith Roley e Zoe Mailloux, ambas membros do conselho da CLASI em associação com especialistas em ASI. Elas representam a primeira geração de estudantes da Dr. A. Jean Ayres, comprometidas em seguir sua tradição de excelência e pesquisa na prática. O material do curso é derivado das publicações originais de Ayres e de pesquisas subsequentes em ciência básica e aplicada, relacionadas a sensações e o impacto na função humana.

 

3.2. INSTRUTORES

Os instrutores são palestrantes com conhecimento aprofundado nas áreas da ASI.  Eles representam a primeira e segunda geração de estudantes da Dr. Ayres. Os instrutores têm experiencia nacional e internacional em apresentações de informação sobre ASI e perícia em uma ou mais áreas de pesquisa, educação e prática

 

4. ESTRUTURA DO PROGRAMA

 

4.1. CONTEÚDO E DURAÇÃO

As seguintes competências são necessárias para completar a certificação ASI da CLASI:

                Módulo 1: Teoria da ASI

                Módulo 2: Avaliação Abrangente da ASI

                Módulo 3: Prática da Avaliação Compreensiva da ASI

                Módulo 4: Raciocínio Clínico ASI

                Módulo 5: Intervenção Baseada em Evidência da ASI

                Módulo 6: Prática da Intervenção Baseada em Evidências da ASI

Nós recomendamos que os alunos façam os 6 módulos nessa ordem e completem o programa em um ano. Os módulos podem ser feitos fora de ordem e por um período de até 5 anos.

Reciprocidade: ISA aceitará através de aprovação alunos de unidades de educação continuada cursos feitos em outras instituições que sigam os padrões de exigência ICEASI. A CASI da CLASI não será concedida se uma Certificação de Integração Sensorial for concedida por outra organização, que tenha as mesmas unidades do curso.

 

5. SISTEMA DE AVALIAÇÃO E CERTIFICADOS

Após a conclusão de cada módulo, é pedido aos aprendizes que submetam uma avaliação do curso para receberem uma unidade de educação continuada de acordo com os critérios do Programa Provedor Autorizado da AOTA. Após a conclusão dos módulos obrigatórios e cumpridas as exigências, o aprendiz pode aplicar para receber o Certificado de Conclusão em ISA.

 

6.    PROCESSO DE APLICAÇÃO

 

6.1.           NOMINAÇÕES

Os alunos receberão o Certificado ASI após o recebimento da aplicação e da verificação da conclusão dos requisitos.

 

7.    DESCRIÇÃO DOS MÓDULOS

 

7.1.           MÓDULO 1 – Teoria da ISA

Os últimos avanços em neurociências embasam a aplicação da teoria de integração sensorial como uma abordagem para tratar crianças, adolescentes, adultos e idosos. Esse módulo oferece aos terapeutas a base teórica necessária para aplicação da teoria de integração sensorial na prática clínica.

Os treinamentos para o primeiro módulo oferecerão o estudo da teoria de integração sensorial, do sistema nervoso central, da neurociência dos sistemas sensoriais, modulação, da práxis e de princípios de avaliação e intervenção em integração sensorial. O Módulo 1 é usualmente oferecido online, mas pode ser oferecido de forma presencial mediante a pedidos.

 

OBJETIVOS DE APRENDIZADO

Após o curso, os participantes estarão hábeis a:

  • Identificar os modelos interpretativos da teoria de integração sensorial;

  • Descrever estruturas neurológicas e suas funções envolvidas no processo de integração sensorial;

  • Descrever implicações funcionais e fatores ocupacionais na base das mudanças do problema sensorial;

  • Discutir a práxis e seu papel no desempenho e no comportamento;

  • Avaliar a qualidade de pesquisa relacionada à integração sensorial.

 

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

  • Revisão histórica do trabalho da Dr. A. Jean Ayres;

  • Modelos interpretativos da teoria de integração sensorial; estruturas neurológicas no processo de integração sensorial;

  • O sistema sensorial, auto regulação e praxis.

 

7.2.MÓDULO 2 & 3 – Competências na Avaliação em ISA

Os módulos 2 e 3 são destinados a ensinar avaliações de função e disfunção na Integração Sensorial de Ayres, o que inclui: Teste de Integração Sensorial e Práxis (SIPT), Medida de Processamento Sensorial (SPM), Avaliação de Integração Sensorial de Ayres (EASI), e observações clínicas estruturados e não estruturadas. O Módulo 2 é oferecido online e oferece uma introdução para os métodos de avaliação. O Módulo 3 é presencial e promove atividades práticas e mentoria.

 

OBJETIVOS DE APRENDIZADO

  • Determinar um plano de avaliação para cada indivíduo;

  • Determinar a avaliação apropriada para avaliar funções de Integração Sensorial de Ayres em todas as áreas;

  • Analisar a força psicométrica das avaliações;

  • Ministrar o SIPT, o SPM e o EASI com segurança;

  • Entender os construtos testados por medidas sensoriais relacionadas;

  • Planejar observações clínicas de construtos em integração sensorial quando testes padronizados não forem possíveis de aplicar;

  • Demonstrar competência na aplicação de observações clínicas baseadas em ISA;

  • Identificar se um relatório avaliativo segue os padrões estruturais determinados pela Medida de Intervenção e Fidelidade em ISA.

 

7.3. MÓDULO 4 – Conhecimentos e Habilidades no Raciocínio Clínico em ISA

O módulo 4 foca no raciocínio clínico baseado em dados de pesquisa e avaliação para compreender os achados e fazer recomendações de metas e serviços. Treinamentos que levam ao conhecimento e desenvolvimento de habilidades de raciocínio clínico permitem ao aluno compreender relações entre a avaliação e a participação, informando recomendações e/para serviços. O Módulo 4 é usualmente oferecido online, mas pode ser oferecido de forma presencial mediante a pedidos.

 

OBJETIVOS DE APRENDIZADO

  • Descrever padrões de função e disfunção em integração sensorial;

  • Analisar e interpretar resultados de avaliações de acordo com os padrões de função e disfunção de integração sensorial;

  • Relacionar os dados obtidos através da aplicação de instrumentos com as dificuldades de desempenho ocupacional do indivíduo;

  • Estabelecer metas e objetivos centrados no cliente apresentando preocupações relacionadas a interpretação dos dados clínicos;

  • Criar um plano de intervenção baseado na avaliação realizada;

  • Determinar como a intervenção será conduzida e seus efeitos em vários contextos da criança identificada com disfunção sensorial.

 

 

7.4. MÓDULOS 5 & 6 – Conhecimentos e Habilidades na Intervenção em ISA

Os Módulos 5 e 6 ensinam planos de intervenção, fidelidade e estratégia em ISA, visando resultados relevantes relacionados a participação na vida diária

Esses módulos ensinam o caminho para personalizar, adaptar e implementar um plano de intervenção baseado na interpretação dos resultados de testes, direcionado a resultados relevantes que se relacionam com as prioridades e preocupações do cliente e da família na vida diária. A intervenção ISA é guiada pelo manual de intervenção em ISA, resumido na Medida de Fidelidade da Intervenção de Integração Sensorial de Ayres, assim como por uma compreensão dos processos multissensoriais e seus impactos nas habilidades básicas sensoriais, motoras e praxicas. O raciocínio clínico e a resolução de problemas de um específico estudo de caso são usados por todos os participantes. O Módulo 5 fornece uma introdução para a Intervenção em ISA e o Módulo 6 promove atividades práticas e mentoria. O Módulo 5 só é oferecido online e o Módulo 6 é sempre presencial.

 

OBJETIVOS DE APRENDIZADO

  • Aplicar raciocínio clínico na estruturação e implementação de intervenções para indivíduos com dificuldades ou disfunção em integração sensorial;

  • Vincular a hipótese elaborada na avaliação com as metas proximais e por meio do alcance das metas proximais, os resultantes relacionados a participação.

  • Usar uma avaliação dinâmica enquanto trabalhar com clientes para refinar a intervenção durante o tratamento;

  • Nomear os elementos de processo da Medida de Intervenção e Fidelidade em ASI;

  • Determinar de que maneira os elementos de processo interagem durante uma sessão de Intervenção direta;

  • Explicar a relação entre as atividades e a facilidade das respostas adaptativas;

  • Explicar a importância da motivação do cliente e de seu envolvimento ativo durante a intervenção;

  • Discutir os benefícios e limitações da intervenção ASI com uma ampla variedade de diagnósticos de grupos, idades e tipos de dificuldades;

  • Demonstrar o caminho em que as estratégias sensoriais são implementadas em vários contextos, incluindo a casa, a escola e a comunidade.

 

A certificação oferecida pela TOI - Terapia Ocupacional Infantil ocorre em São Paulo - SP.

Para maiores informações e datas das novas turmas entrar em contato : toi.institucional@gmail.com

(11) 2537-6530

www.clinicatoi.com.br

  • Facebook Basic Square

© 2016 by PRDESIGN